[AGOSTO] Já ouviu falar em ecossistema de inovação? Saiba mais aqui!

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Atualmente a palavra inovação está presente nos ambientes corporativos, na roda de empreendedores e nos negócios em geral. No entanto, inovar não é tão fácil quanto parece e, por isso, é preciso ter uma estratégia para garantir uma inovação de fato. Mas há outro termo se despontando com a mesma tendência: o ecossistema de inovação. Não sabe o que é isso? 

O termo vem ganhando destaque quando se refere à concorrência global, principalmente para startup. Por exemplo, uma empresa, universidade e governo se unem para trabalharem em uma descoberta, aprenderem juntos e compartilharem os resultados, isso é um ecossistema de inovação em prol da comunidade.  

Acompanhe o post a seguir para conseguir entender mais profundamente do que se trata e como você pode se beneficiar. 

Conheça o conceito de ecossistema de inovação 

Antes de qualquer coisa, vamos relembrar os tempos de escola em que aprendemos sobre ecossistemas, que são sistemas formados naturalmente por comunidades de organismos. Transferindo o significado para o mundo corporativo, pode-se dizer que é a união entre a empresa e o mundo em geral, como time de colaboradores, clientes, fornecedores, governo e sociedade. 

Resumindo, é a oportunidade que as empresas têm de se relacionar com profissionais de seu segmento, buscando novos aprendizados para solucionar suas necessidades de mercado e de seus clientes. 

Assim, são desenvolvidos polos colaborativos com infraestrutura adequada para favorecer as descobertas, pesquisa e desenvolvimento de forma proativa. Veja os seguintes pilares que mantêm essa estrutura. 

Educação 

A educação é o pilar principal do ecossistema de inovação, porém o ensino tem que ser direcionado aos assuntos de ciência, tecnologia, engenharias e matemática que são o centro e a base da inovação. Quando se pensa nessas áreas, as relacionamos com o ensino superior. No entanto, sua transformação deve partir do fundamental. Até porque, se os alunos chegarem às universidades desqualificados, não terão pensamentos inovadores. 

Outra ação é quanto a programas de intercâmbio para que os estudantes conheçam outras realidades, pessoas diferentes alimentando o processo criativo para que ajudem a enxergar os problemas e as oportunidades. 

Instituições e políticas públicas 

Mais um ponto importante é a criação e manutenção de instituições e políticas públicas que organizem a inovação nacionalmente. Por isso, os políticos devem priorizar isso no plano de governo. Também merece atenção a facilidade ao crédito e a geração de programas de aportes para desenvolvimento de produtos de interesse social. 

Empreendedores e PMEs 

É necessário criar condições favoráveis para que empreendedores, pequenas e microempresas possam crescer no ecossistema. Medida que deve ser tomada pelo governo para dar segurança aos brasileiros evitando que desistam de suas ideias. Por outro lado, incentiva o perfil empreendedor para que não abandonem seus negócios. Visando o desenvolvimento do ecossistema não é aceitável que haja entraves burocráticos e políticos. 

Facilidade nas interações 

Um dos pilares é a facilidade nas conexões entre os atores do ecossistema. Sendo necessários programas de cooperação para que a educação superior possa aplicar a prática na indústria, com uma parceria contínua e persistente para a inovação. As conexões devem quebrar limites para que todos tenham acesso ao conhecimento global. 

Marca e celebração 

Esse pilar pode ser dividido em duas partes. Uma trata da construção de marca do ecossistema de inovação para que seja divulgado nos mercados que quer atuar. A outra é a celebração dos empreendedores de sucesso que contribuirá para a construção da marca. 

Isso é muito relevante, porque a inovação pode acontecer por meio destes profissionais. Assim, ao construir uma marca e celebrar os empreendedores o ecossistema se torna atrativo para profissionais impulsionarem a inovação. 

Saiba como o ecossistema de inovação ajuda uma empresa a crescer 

Veja, agora, quais são os benefícios que o ecossistema de inovação traz para uma organização.

Proporciona integração com outras empresas 

Como outras organizações se encontram com o mesmo objetivo, a troca de experiências oportuniza aos participantes que eles se destaquem frente os concorrentes, que terão de buscar os conhecimentos sozinhos.  

Outro motivo são os diversos desafios presentes nesse ambiente em que, para acertar, erra-se muito. Esse fato ajudará a enriquecer as experiências. Por consequência, haverá muita troca até que se consiga a inovação efetiva. 

Obtém o conhecimento da comunidade de empresas e startups 

Já que a troca de experiência permeia o ambiente, é importante estar atento a tudo. Por exemplo, um empreendedor de sucesso pode contar um fato que o ajudará a administrar sua empresa ou encontrar uma oportunidade que não estava enxergando. 

Ele pode se tornar seu mentor e ajudar nas suas inúmeras dificuldades. O que não significa que também não possa aprender com você. Esse é o conceito da comunidade, todos são mentores de alguma maneira. É um ambiente em que os envolvidos ganham, pois o trabalho é realizado com mais eficácia em cada fase do processo. 

Garante parcerias estratégicas, da área pública e privada 

Se você faz parte de um ecossistema de inovação e contribui para o desenvolvimento, certamente será recomendado por outras pessoas que procuram pelo seu serviço ou produto. Assim, terá garantias de parcerias estratégicas com pessoas, empresas, universidades e até mesmo o governo.  

Isso porque a proximidade das organizações envolvidas traz confiança no trabalho umas das outras. Quem ganha com isso são os clientes, pois fornecedores colaborando juntos dá mais agilidade ao atendimento e fluidez a cada projeto. 

Gera mais visibilidade e garante credibilidade ao negócio 

networking nesse quesito é imprescindível para que o ecossistema se desenvolva de maneira efetiva. Afinal, demonstrar seu trabalho para ser conhecido e ser visto trará credibilidade para conseguir mais clientes. 

Atrai o interesse de estudantes e recém-chegados ao mercado de trabalho 

Por ser um polo de pesquisa e descobertas o ecossistema de inovação atrai estudantes que querem aprender e testar suas ideias. Assim, as empresas que participam precisam conquistar estudantes ávidos por novidades, bem como, os novatos no mercado de trabalho contratando os melhores talentos. 

No entanto, para se desenvolver um ecossistema de inovação é imprescindível que haja um planejamento com comprimentos de metas visando o desenvolvimento do programa para atingir os resultados esperados por participante e, também, como um todo. 

Você acha possível criar essa estratégia em sua área de atuação? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário para que possamos debater mais sobre esse princípio que está norteando o mundo corporativo atual!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-